EXCLUSIVO -SECRETÁRIO É EXONERADO DA CÂMARA DE CUIABÁ POR DENÚNCIAS ASSÉDIO SEXUAL-VEJA TRECHOS DO BOLETIM

As vítimas são servidoras concursadas. Uma delas conta que trabalha na Câmara desde 2015. Bolanger assumiu o cargo de secretário de Gestão Administrativa em janeiro deste ano, sob a presidência de Juca do Guaraná.

02 Agosto 2021

Duas servidoras da Câmara Municipal da Capital denunciaram o contador Bolanger José de Almeida, de 71 anos, por importunação sexual. E, por causa desse escândalo, Bolanger foi exonerado do cargo de secretário de Gestão Administrativa do Legislativo cuiabano na última sexta (29), conforme revelou o Blog do Romilson. – confira aqui.

O boletim de ocorrência, registrado em 26 de julho na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá e obtido com exclusividade pelo site, traz detalhes das situações de assédio. O ex-secretário vai responder por importunação sexual, baseado no Artigo 215-A: “praticar contra alguém e sem a anuência ato libidinoso com objetivo de satisfazer a própria lasciva ou a de terceiro, consumado”.

As vítimas são servidoras concursadas. Uma delas conta que trabalha na Câmara desde 2015. Bolanger assumiu o cargo de secretário de Gestão Administrativa em janeiro deste ano, sob a presidência de Juca do Guaraná. Segundo a denúncia, o então secretário apresentava um comportamento inadequado com algumas servidoras do setor. Com uma delas, segundo consta no BO, ele fez comentários que a desagrada, do tipo como “você está ficando mais corpuda e está ficando mais bonita”. E, na hora do diálogo, se aproximava para tocá-la. E que, inclusive, já se dirigiu a ela chamando-a de “meu amor”. A vítima explicou que isso a incomoda bastante.

bo bolanger 1200

Boletim de ocorrência, registrado no último dia 26 na Delegacia da Mulher, traz detalhes sobre importunação sexual do então secretário Bolanger de Almeida

A outra servidora, efetiva na Câmara há seis anos, conta que Bolanger “do nada aparecia na mesa dela, dizendo que no final de semana estava em um local “fino”, com várias mulheres bonitas e que conseguiu “gozar duas vezes”, mesmo com “aquela idade”. Em uma outra oportunidade, a segunda vítima estava no banheiro feminino, quando ele entrou com os dois pés no local e começou a tratar de assuntos de trabalho. Ela o advertiu e pediu para sair e aguardar para conversarem na sala. Bolanger, então, saiu dizendo que não percebeu estar no banheiro feminino.

Em outro dia, a chamou na sala para que ela o ajudasse a enviar um documento. A vítima, diante da situação, pediu para ele deixá-la sentar na frente do computador para orientá-lo. O contador se levantou e passou por trás dela e alisou suas costas, pegou no cabelo e disse: “Cabelo cumprido é bom para isso! ”. A vítima narra que falou de forma enérgica: “não toque nos meus cabelos e nem em mim. Não fale comigo de forma não verbal”.

Experiência

Bolanger de Almeida carrega vários anos de experiência no serviço público. Foi secretário em Cuiabá, Rosário Oeste e Várzea Grande. Ocupou também o cargo de secretário-adjunto do Estado e a presidência do Cuiabá-Prev.(Rd News)

Comentários
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Oi, como posso ajudar?