HOMEM ALEGA QUE DISPARO QUE MATOU ESPOSA EM RONDONÓPOLIS FOI ACIDENTAL

A morte aconteceu na residência onde o casal morava com o filho de 8 anos, localizada no bairro Mathias Neves 2.Consta ainda no documento, que o filho do casal, de apenas 8 anos, presenciou a morte da mãe. Além disso, testemunhas teriam afirmado que ouviram uma discussão do casal pouco antes do tiro.

25 Abril 2022

O homem de 40 anos, que foi preso na noite de sábado (23), por ser acusado de matar a própria esposa, Silvana dos Santos Silva, de 38 anos, afirmou que o disparo que atingiu o rosto da companheira foi acidental. A morte aconteceu na residência onde o casal morava com o filho de 8 anos, localizada no bairro Mathias Neves 2, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima foi achada caída nos fundos da propriedade ensanguentada.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Médico Móvel de Urgência) foi acionada e encaminhou a vítima com vida ao Hospital Regional. A mulher foi atingida pelo disparo na região do maxilar. Devido a gravidade do ferimento, ela acabou não resistindo e vindo a óbito.

O suspeito do crime não estava na casa quando a PM chegou, entretanto, ele retornou ao imóvel pouco tempo depois, ocasião em que foi abordado.

Para os militares, ele disse que estava manuseando a arma quando ela acidentalmente, disparou em sua mão e o mesmo projétil atingiu o rosto de sua esposa.

Ferido, ele foi encaminhado ao hospital onde recebeu atendimento médico e depois foi levado para a 1° Delegacia da Polícia Civil.

Consta ainda no documento, que o filho do casal, de apenas 8 anos, presenciou a morte da mãe. Além disso, testemunhas teriam afirmado que ouviram uma discussão do casal pouco antes do tiro.

O caso foi registrado como feminicídio e está sendo investigado.

Comentários
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Oi, como posso ajudar?